segunda-feira, abril 18, 2005

Diario, dia 03 - Agadir - Boujdour

A manhã esteve chôcha – a luz esquisita, núvens bem altas e uma neblina rasteira. Almoçámos “atum” à beira da mega estrada enquanto reflectíamos na estupidez que foi fazer a estrada até Tarfaya de noite no ano passado. Está muito vento e as motos vão permanentemente inclinadas alguns 10º. Se o vento de Leste não mudar entretanto, acho que os pneus vão ficar mesmo assimétricos. Ao longo do dia vou ciclicamente lutando com o vento com o pescoço e com os braços. Acho uma posição mais confortável que resulta por meia hora e depois tenho que procurar outra, que o alívio dura pouco. Lá demos à costa no Bojador, já guiados pelo respectivo farol. O hotel escolhido não é grande espingarda (e já estou a ser simpático) mas dormi bem depois de ter jantado camelo a ouvir o Kenny Rogers. Amanhã ficámos de sair cedo – na casa de banho não me demoro de certeza :-)

Sem comentários:

Enviar um comentário