quinta-feira, abril 14, 2005

Documentação

A documentação organizada é um mal necessário neste tipo de viagens. Qualquer esquecimento, perda ou roubo pode determinar um final de viagem antecipado. Aqui artilhamos alguns dos métodos com os quais tentamos prevenir dissabores. p
É muito importante verificar as exigências especificas de cada país em termos de documentação, os guias Lonely Planet e os web-sites dos consulados podem ser uma boa fonte de informação
- Levar os contactos dos consulados ou embaixadas nas cidades por onde o nosso roteiro passa é uma boa ideia, caso não exista representação diplomática portuguesa em algum país, devem procurar representações diplomáticas de países europeus vizinhos. O web-site do Ministerio dos Negócios Estrangeiros tem muitas informações úteis para alem dos contactos de todas as representações portuguesas espalhadas pelo mundo. Documentos Pessoais

- Passaporte válido (até pelo menos 6 meses depois da data prevista de regresso )
- Livrete do veiculo
- Registo de propriedade do veiculo
- Carta de condução
- Seguros de saúde e repatriamento
- Carta de condução internacional é recomendada (ACP)
- Boletim de vacinação internacional/ vacina da febre amarela válida
- Cartão de crédito
- Cheques
- Vistos e documentação especifica para cada país
- Várias fotografias tipo passe

- Cópias de todos os documentos são também uma boa ideia, quando mais parecidos com os originais, melhor! A digitalização dos documentos permite arquiva-los em qualquer caixa de email acessível em qualquer cyber-café do planeta. Basta imprimir e temos um substituto temporário do documento perdido ou roubado. Fotocopias a cores ou boas impressões dos principais documentos devem fazer parte da bagagem, se forem recortados e plastificadas passam por originais em muitos países...

Documentos Moto

- Livrete do veiculo (ou doc. único)
- Registo de propriedade do veiculo (ou doc. único)
- Seguro do veiculo (carta verde internacional)
- Seguros locais de veículos (procurar informações nas fronteiras)
- Carnet ATA (informações na ACL)
- Carnet FIA (informações no ACP)

Dinheiro

- Cartão multibanco (vários)
- Cartão de crédito (vários)
- Códigos de acesso ao seu netbanco
- Contactos das entidades dos cartões de credito e multibanco
- Backup de passwords e pins (dissimulados em rascunhos de email por ex.)

- Levar dinheiro vivo é sempre obrigatório, normalmente espalhamos varias quantias pela bagagem, moto e roupa. Em África o Euro já superou o Dolar em termos de facilidade de câmbio mas na América do Sul a moeda norte americana continua a ser a preferida pelos bancos e casas de cambio. As ATMs existem praticamente em todas as grandes cidades dos dois continentes e são definitivamente a melhor forma de conseguir moeda local. Normalmente utilizamos as ATM para as despesas da viagem e guardamos os Dólares ou Euros para as emergências.

Sem comentários:

Enviar um comentário