domingo, junho 26, 2005

esboço da proxima...

Hoje o dia prometia, estão previstas reuniões exaustivas com assinaturas de protocolos de cooperação Luso-brasileira. Apesar de ser inverno por estas bandas, está um sol radioso e estão uns "desagradáveis" 25 graus. Optámos por escolher um gabinete com boa vista para avançar com a ordem de trabalhos. Parece que o André e a Verbena vão adiar a viagem à Europa para 2007 e em Fevereiro vão connosco a Ushuaia, o Silvio também está tentado... mas até Janeiro ainda o convenço ;-). Nem vale a pena falar que o Chapolin não vai ter outro remédio senão acompanhar agente pelo menos no Brasil. A rota prevista sai do Rio de Janeiro cruza o Sul do Brasil, Uruguai e Argentina pela costa do Atlântico até ao extremo sul do continente Americano, o terrível Cape Horn. O regresso ao norte será pelo interior da Patagónia Argentina até à entrada no Chile. Aqui a Pan-americana será a companheira de viagem até à entrada de novo na Argentina no Passo da Cordilheira entre S. Pedro de Atacama e Salta. A fronteira escolhida para a reentrada no Brasil será a de Iguaçu. Grosseiramente apontamos 45 dias para toda a viagem que deverá rondar os 16.000kms, mas nos próximos tempos vamos acertar melhor a rota, para já é mesmo só um esboço. Este foi o resultado da reunião da manhã ;-) Reunião intercontinental que se preze tem de ter visitas oficiais ;-) pois bem uma vez que somos todos amantes das Big trail nada melhor do que um trilho para descontrair da secção de trabalhos exaustiva da manhã. Uma visita ao trilho do Pontal da Atalaia com as suas praias de areia branca e aguas transparentes no fundo de precipícios deixaram todos extasiados com tanta beleza. Eu aproveitei e rodei pela primeira vez em trilha com a DR800, primeiro com a do Chapolin depois com a do Silvio. Só tinha tido a oportunidade de pilotar uma Dr800 uma vez, já à alguns anos, e a impressão com que fiquei era que eram uma moto brusca e pouco agradável de pilotar. Verifiquei agora que estava completamente enganado, pelos vistos o bater constante e a direcção imprecisa não tem a ver com a moto mas com o seu estado de conservação. Tanto a do Silvio como a do Chapolin são motos com 3 ou 4 anos muito bem conservadas e estão impecavelmente afinadas. Sentir um motor mono como aquele a puxar em fora de estrada é uma delicia. O almoço foi mais uma vez na praia, acompanhados por uns calamares e uns camarões sempre bem "regados" fizemos o balanço do fim de semana. Pessoalmente não tenho como descrever os amigos que "ganhei" neste fim de semana, mesmo já conhecendo alguns real e virtualmente a forma como fui generosamente recebido deixou marcas. Espero que este fim de semana seja apenas o primeiro de muitos anos na vossa companhia. Devo reconhecer que dos brasileiros eu já esperava tanto carinho, agora de um francês???..je n'ai pas jamais imaginé...corrige aí Vê ;-))

Sem comentários:

Enviar um comentário