segunda-feira, junho 25, 2007

Comendo o Peru!

Pois... hoje foi um dia em que comemos literalmente o Peru (Peru o país, em português de Portugal, nada de confusoes que aqui náo tem gaúcho, che!) Comemos muito pó e terra nos magnificos 200 kms entre a fronteira de Assis Brasil e Puerto Maldonado. Continuamos na selva, aliás â 3000 kms que só vemos selva. Ao contrário do que nos tinham dito a estrada entre a fronteira e Cusco ainda nao está (felismente :) asfaltada, em vez disso temos uma magnifica pista de terra vermelha com mais de 200 kms que serpenteia por partes de floresta virgem e por aldeias pitorescas. Tenho de confessar que aconteceram alguns excessos, a pista é muito tentadora e mistura terra dura com uma espécie de fesh-fesh e com ripio fino, o resultado é que a roda trazeira vai sempre a fugir e depois um tipo náo aguenta e passa a vida a rodar punho... uma delicia. Bom mas vamos ao ultimos dias, saimos tarde de Porto Velho, com a pressa nao deixei secar completamente o epoxy que assim náo conseguiu parar a fuga. O Polaco e o Douglas aconselharam uma cola especial que resultava de certesa, uma tal de massa de 2 componentes para próteses dentárias, indicaram onde eu podia comprar e em meia hora a Floribela já o seu sorriso reparado... maravilha!! Seguimos na direçao de Brasileia onde pensavamos dormir, o calor é muito e a vegetaçao agora é mais seca, existem por aqui muitas fazendas gigantescas e clareiras enormes "roubadas" â Mata à muito pouco tempo, os rios e pantanos sao mais escassos e a estrada é uma sequencia de retas esburacadas e monótonas. Com todas estas condicionantes achámos bem parar para uma sesta numa praia fluvial, deixar passar o calor e continuar viagem mais tarde... para todos os efeitos estamos de férias náo é... Foi boa ideia na altura mas a noite aqui caí muito rápido e quando percebemos estávamos a dirigir de noite escura numa estrada esburacada com vários bichos a atravessar e ainda a 200kms de Brasileia... acábámos por dormir numa pequena cidade chamada Vista Alegre. No dia seguinte, frescos, devorámos os 200kms que faltavam rápidamente mas a fronteira reservava-nos uma má surpresa. Os tramites alfandegários sáo feitos em Brasileia na fronteira com a Bolivia pois em Assis Brasil ( fronteira com o Peru 110kms para Noroeste) náo existe posto alfandegário. O tipo da Alfandega embirrou que se fizessemos a saida alfandegária da moto ali tinhamos de sair logo para a Bolivia e náo seriamos autorizados a circular até ao Peru por estradas Brasileiras. Insistimos e insistimos, mas o tipo é daqueles teimosos e embirrentos, que se dane voltamos amanha!! E voltámos, carimbamos tudo e seguimos como previsto para o Peru sem probelmas absolutamente nenhuns. Atravessando a fronteira sente-se realmente uma grande diferença, as mini saias acabaram, a estrada de asfalto tambem, as cidades sao minusculas comparadas com as do Brasil e a cerveja nao é tao fresca. Tb aqui o tempo corre mais devagar, pelo menos é o que acha o responsável da emigraçao que nos fez esperar uma hora e meia pela sua dignissima presença, depois ainda há que ir à policia do outro lado do quarteirao carimbar o visto e ir ao outro lado da cidade dar saida das motos na aduana....aahhhhh e fotocopias de tudo.... Animámos desta espera na pista que nos trouxe a Puerto Maldonado, dá para perceber que esta vai ser uma rota futura importante, a Estrada do Pacifico, mais uns meses e deve estar tudo asfaltado. Agora estamos aqui nesta pitoresca cidade de selva, já jantámos uma paelha de carne e estamos a preparar o dia de amanha, parece que estao a dinamitar partes da pista da Cordilheira para construir a futura estrada e só se consegue passar durante a noite. Isso quer dizer que para chegar a Cusco, a escassos 450 kms daqui, temos de conduzir de madrugada, por pista, com transito, a mais de 4800 metros de altitude e acabámos de saber que está a nevar por lá.... a boa noticia é que pelo menos vamos ficar mais frescos!!

4 comentários:

  1. Impecável vocês irem dando notícias com fotos e tudo! A foto do Presid com a catana está do catano! :-)

    Abraços,

    CM

    ResponderEliminar
  2. Pessoal isso é que é curtir as ferías.

    Ficamos todos felizes por voces


    abraços a todos


    NUNOVARADER

    ResponderEliminar
  3. Carlos, quanto as caixas eu e o Tuty, "BT" já arrumamos vou busca-las e deixa-las aqui em casa.
    So preciso saber se as motos vão ser despachadas de Sp ou RJ, ?

    Boa viagem, e que viagem heim...

    Parabéns e sorte a todos !!!

    Silvio Ventura - SP.

    ResponderEliminar
  4. Vamos, vamos, chavales, disfrutar y darnos noticias, que estamos aquí con vosotros.

    Un forte abraço.

    Abuelo

    ResponderEliminar