quarta-feira, julho 02, 2008

Noites brancas na Russia

Quando inclui a Russia no roteiro esperava com isso acrescentar algum exotismo a esta etapa. Outra cultura, outro alfabeto, um povo que ha pouco tempo vivia num regime fechado, isolado do resto do mundo nao comunista.... esperava encontrar ainda alguns pedacos do antigo regime no maior pais do mundo, mas nao, a Russia transformou-se rapidamente em mais um pais europeu, pelo menos nos quilometros que eu atravessei. Talvez as minhas espectativas fossem irreais e exageradas mas confesso que fiquei inicialmente um pouco desampontado. Ja e dificil ver um Lada, em vez disso existem por aqui tantos carros de luxo (muitos deles raros) que mais parece que estou no Monaco, apenas o gosto duvidoso destes novos Russos me recorda que estou onde estou, quando por exemplo um senhor sai de um magnifico Maserati com sapatos de pele de cobra albina vestindo um fato Armani com uma camisa estampada de cores garridas e soquete branco... ou quando uma senhora depois de estacionar o seu X6 em frente ao um cafe chique me sai vestida com um cortinado rosa daqueles que faz bzzzbzzz com meias de rede e saltos com 15 cm... enfim a nova Russia!! plena de contrastes reaprendendo a conviver com o capitalismo consumista! As estradas nao sao assim tao m'as e ate agora nao tive nenhum tipo de problemas com a policia,as paisagens nao diferem muito das da Finlandia mas sao muito menos organizadas, as florestas sao "mais naturalmente selvagens" e sem tantos lagos mas continua tudo plano, sem montanhas a vista, chato! Tambem nao se vem cidades ou aldeias da estrada, apenas florestas infinita e os tais condutores suicidas. Agora estou de volta a Sao Petersburgo, ao magnifico NordHostel recomendado pelo Luis, alias obrigado Luis!! A situacao deste hostel 'e perfeita, a escassos metros da praca principal e do gigante Hermitage, o pessoal e simpatico e ajudaram-me a meter a moto no cimo de uma escadaria dentro do hostel longe dos olhares curiosos da rua. Sao Petersburgo e de longe a minha cidade favorita por aqui, o grande destaque vai como nao poderia deixar de ser para o Hermitage, centenas de obras primas dos grandes mestres, centenas!!!, salas cheias de Rubens, de Picassos, de Monets, de Degas... uma autentica orgia de arte num palacio ja por si avassalador. Pena os cardumes de japoneses, alemaes, ingleses e americanos que tranformam as salas dos mestres em carruagens de metro em hora de ponta, mas tudo tem solucao, comecar pelo fim do roteiro ajudou a evitar os cardumes. Toda a cidade 'e monumental, para onde quer que se olhe so se ve monumentos, o poder e a grandiosidade dos edificios fazem-nos sentir pequenos, minusculos, pracas do tamanho de estadios de futebol, igrejas com a altura das Amoreiras (ou la perto), palacios infinitos, magnificos.... pelos vistos o gosto pelo exageradamente grande ja faz parte dos russos 'a muitos anos. Tive a sorte de chegar no auge das noites brancas quando as ruas estao permanentemente cheias ate longas horas da madrugada, as maes passeiam os filhos, os jovens caminham nos jardins, enchem as esplanadas, h'a exibicionistas nas ruas a mostar os cavalos dos seus bolides de 2 e quatro rodas com musica em altos berros e pneus a chiar, tudo as 2 da manha como se fossem 6 da tarde. Ontem enquanto tirava fotos perto do rio conheci uns noivos, o Serjei e a Olga que me convidaram para lanchar na festa do seu casamento, nao falam ingles mas entendemo-nos e la fui eu provar alguns petiscos locais, foi uma experiencia deveras insolita mas muito divertida, acabei por ficar la a jantar com eles a a tentar aprender russo, estavam espantados por eu ser de Portogallo :) Agora acabei de lavar a minha roupa, a minha reserva acabou e 'a que fazer as lides domesticas, estou so a espera seque para avancar para a Estonia, talvez tenha a companhia de 2 ingleses e um Irlandes ate Talin , ou mesmo ate mais a Sul... logo se ve. Entretanto queria dizer que com o meu chip do telemovel foram quase todos os meus contactos, so ficaram os que tinha gravado no proprio telemovel, por isso nao tenho o teu numero Joe, quando puderes manda ai pro meu email ateaofimdomundo/gmail.com, e entretanto alguem sabe do Teles?? Mais uma vez obrigado pelos comentarios, e muito bom sentir a vossa presenca.

16 comentários:

  1. Boas Carlos,

    e eu que estava á espera que nao desses noticias para te ir aí buscar :) o mail já vai a caminho com todos os numeros incluindo o do Teles.

    Um grande abraco,

    Joe

    ResponderEliminar
  2. Padrinho à Espanhola

    ResponderEliminar
  3. Boa Viagem!
    Cuidado com o KGB! Eles ainda andem aí... :-)

    ResponderEliminar
  4. Ricardo Azevedo4:29 da tarde

    Boas,é pena já não ter o LADA se não trazias umas peças.......

    Estás fino ou não???

    1 abraço e continuação de BOA Viagem

    ResponderEliminar
  5. Ah São Petersburgo!!!
    Ah o Hermitage!!!
    Ah!!!

    Carlos, não podes imaginar a inveja que sinto neste momento. ;)

    Diverte-te à grande, aproveita bem essas paisagens fantásticas (que tão simpaticamente tens partilhado connosco), continua a fazer uma boa viagem e a fazer-nos inveja.
    Muita inveja! :D

    Um grande abraço,
    Bernas
    (todo roídinho) ;)

    ResponderEliminar
  6. Rui Baltazar6:48 da tarde

    Grande Vadio,

    Até já andas em casamentos.

    Um abraço e continuação de Batizados e casamentos.

    Rui Baltazar

    ResponderEliminar
  7. Boas Carlos,

    As fotos da Russia estão muito giras.
    Se fores a Talin vai ver a torre de tv: http://www.tallinn-life.com/culture/culture_details/124-TV_Tower

    e a doca onde se realisaram os jogos olimpicos de 1980

    Um a braço,
    Afonso

    ResponderEliminar
  8. Agora já andas de penetra nos casórios???? :-) vida difícil....

    ResponderEliminar
  9. Ha coisas q so te acontecem a ti, pa! :)

    Continua aí... Todos nós partilhamos um pouco do teu sofrimento atrós...

    Conseguimos perceber pelas fotos e pelo relato que vives momentos dificeis...

    Abraço!

    ResponderEliminar
  10. VADIO "MOR" A COISA PRA VOCÊ NÃO ESTÁ "RUSSA"...

    Continuação de boa viagem, traga-nos fotos.

    Abraços

    Silvio Ventura

    ResponderEliminar
  11. Quando pensamos que ja nao tens historias novas para contar, lá apareces tu com algo insólito à moda portugales... até casamentos... este "gaijo" nao existe.
    queres que "mande" uma escolta policial?
    forte abraço
    miguelf

    ResponderEliminar
  12. a grande vadio...abrs

    ResponderEliminar
  13. Faaaala meu amigo nomad, literalmente!
    Apesar de estar afastado das listas,recebi o mail no dia do seu feito, e fiquei muito feliz e emocionado!Parabéns !!
    Saiba que apesar da distancia e do tempo, você é e sempre será meu IRMÃO d'além mar.
    Biejo no seu coração, com muita saudade!!
    Chapolin

    ResponderEliminar
  14. .. vida xtrem dificil hehe.. acabei de chegar; não te esqueças dos caracóis e da cerveja a 1 euro..

    ResponderEliminar
  15. Grande Carlos!

    Sempre a seguir o "azimute". Bonitas fotos, do outro lado da Europa que não estamos habituados a ver.
    Força aí e cá te esperamos para o relato na 1ª pessoa!

    Já agora... a sofrer dessa maneira deve-se estar bem no inferno! eheheheh

    grande abraço transmontano!
    Paulo Mafra

    ResponderEliminar
  16. Voçês são uma verdadeira fonte de inspiração!!!!!!!

    Obrigado por partilharem!!!

    Carlos Pinto
    http://estrada-fora.blogspot.com

    ResponderEliminar