sexta-feira, novembro 05, 2010

O Darien Gap

O Darien Gap, ou a A Falha de Darien traduzindo à letra, é uma faixa de floresta virgem que continua a resistir à evolução do mundo moderno. Não há estradas, nem sequer caminhos, a selva é absurdamente densa e repleta de pântanos e rios que impedem a criação de uma qualquer rota que a atravesse. Condições perfeitas para guerrilhas revolucionárias prosperarem e narcotraficantes se refugiarem. No total existem 5 movimentos militares a utilizar o Darien Gap como quintal, as conhecidas FARC, as forças Paramilitares de direita AUC (Automatic Defense Force), o exercito colombiano (que também não é flor que se cheire) e claro várias organizações narcotraficantes regularmente visitadas por missões "especiais" americanas. Temos por isso todos os ingredientes para um dos locais mais perigosos e impenetráveis de todo o mundo, um dos locais que também exerce maior fascínio sobre muitos viajantes. Até hoje apenas 3 pessoas conseguiram atravessar de moto este território, Ron Merrill e Bob Webb em duas estranhas motos Rokon com tracção às duas rodas e 138cc de cilindrada no longínquo ano de 1975. Ed Culberson e o famoso Helge Pedersen foram os outros dois viajantes que nos anos 80 conseguiram com sucesso atravessar o Darien Gap, ambos em BMW R80GS. À 3 anos que devoro tudo o que encontro sobre este pedaço de terra, mandei vir todos os livros que encontrei, passei horas a ler fóruns e websites na internet e tenho-me correspondido com o Capitão Bob Webb, o primeiro motociclista a realizar a travessia. Existe imensa gente que conhece alguém, que por sua vez conhece alguém que já atravessou o Darien a pé, mas depois desta imensa busca o relato mais recente que encontrei data de 2001 de Karl Bushby que desde 1998 anda a percorrer o planeta a pé e mantém um site magnifico Toda esta pesquisa para concluir que sem ir lá e ver não consigo perceber se é o não possível. A região está mais perigosa do que nunca, são frequentes as noticias de raptos e de gente que vai e nunca mais volta. As FARC sofrerem à muito pouco tempo um ataque severo nas suas forças e tudo indica que esta é a pior altura para tentar a travessia do Darien. Não estou com as mínimas esperanças de conseguir, nem sequer vou fazer tentativas estúpidas. Vou apenas analisar o terreno, conhecer a região, ver e desfrutar da viagem até lá, afinal de contas a verdadeira razão desta viagem ;)

3 comentários:

  1. Isso mesmo, desfruta a viagem que nós acompanhamos e agradecemos amigo.
    Abraço LD

    ResponderEliminar
  2. Jorge Abreu Vale8:58 da tarde

    És o maior, transmontano. Sem comentários.
    Estamos cá à espera das "estórias"...
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. nicolas

    Ei Carluxo, eu aqui nao sabia de nada! siga bem tua aventura ai. Aqui pelas europa, tudo muito civilizado, muita gente pa...

    abraco
    n.

    ResponderEliminar